FSG

|

Notícias

10 de junho de 2024

Saiba como proteger suas redes sociais dos ataques de hackers   

Compartilhar

Especialistas indicam o passo a passo para deixar os perfis como Instagram, Facebook, TikTok e outras plataformas, de maneira mais segura

Seja para o trabalho ou uso pessoal, as redes sociais são de extrema importância, pois é através delas que os usuários se conectam entre si e realizam diversas tarefas. Porém, mantê-las protegidas é essencial para qualquer pessoa, isso porque tem aumentado cada vez mais os crimes cibernéticos, principalmente quando se trata de hackeamento de perfil e vazamento de informações confidenciais. Mas afinal, qual a melhor maneira de proteger as plataformas desses tipos de ataques?  

Para Vinícius Colombo Sonda, coordenador dos cursos de Ciência da Computação, Engenharia de Computação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Centro Universitário da Serra Gaúcha – FSG, os primeiros passos para deixar a conta mais segura é a criação de senhas fortes e únicas para cada aplicação.  

“Evite ter uma mesma senha para tudo que você acessa. Soluções de gerenciamento de senhas também são uma boa opção. Um segundo passo é ativar a autenticação de dois fatores, pois essa medida extra de segurança exige um código adicional além da senha. Vale ressaltar que dicas tradicionais como desconfiar de links suspeitos e manter seus sistemas e aplicativos atualizados são sempre recomendadas”, explica o docente. 

Mauricio Gimenes, CSO e Co-fundador na Introduce Tecnologia para Crescer, afirma que alguns perfis são mais visados por hackers devido ao seu potencial de retorno financeiro ou acesso a informações valiosas. “Entre os mais atrativos para os criminosos, se encontram os executivos e gestores de alto nível, celebridades e figuras públicas, funcionários de TI e administradores de sistema, funcionários de instituições financeiras, profissionais de saúde e contas de redes sociais que não são privativas”.  

O coordenador dos cursos de tecnologia da FSG comenta que a melhor forma de identificar uma possível invasão nas contas é se atentar para as mudanças inesperadas e sem o consentimento do usuário, pois isso pode significar um sinal de alerta.  

“Fique atento com alterações de senhas, informações pessoais, configurações ou publicações sem autorização, pois são sinais de possíveis invasões. Em caso de suspeitas, altere imediatamente a senha da conta em questão e de outras que possam compartilhar da mesma senha. Verifique também se há dispositivos desconhecidos com acesso à sua conta e desative-os. Além disso, reporte ao suporte da plataforma a tentativa de invasão.” 

Meu login foi hackeado e agora?  

Nesses casos, os especialistas afirmam que o primeiro passo é denunciar a conta hackeada, pois a maioria das redes sociais e plataformas oferecem opções para reportar esse problema. Soma-se a isto, o registro do boletim de ocorrência como roubo de identidade ou fraude financeira, podendo ser feito online em muitos estados. Maurício Gimenes ressalta que as dicas de prevenção são as melhores ações a serem feitas quando identificar que seus logins tenham sido hackeados. Abaixo, segue o passo a passo: 

– Alterar suas senhas imediatamente; 

– Habilite a autenticação de dois fatores (2FA); 

– Verifique as configurações de segurança da conta; 

– Monitore sua conta para mais atividades suspeitas; 

– Contate o suporte ao cliente da rede social ou do serviço; 

– Encerre todas as sessões em aberto em suas redes sociais ou dos serviços digitais. 

“A denúncia é importante, até mesmo a realização de boletim de ocorrência com a Polícia Civil para resguardar que qualquer crime cometido pelo seu login, tenha o boletim como meio de comprovação da sua idoneidade”, alerta o fundador do Grupo Introduce. 

Para reportar que a conta foi hackeada, na maior parte das plataformas o processo é online. Basta acessar o site ou aplicativo, localizar as opções de Reportar um Problema ou Contatar o Suporte e seguir as instruções. Quanto mais cedo o usuário fizer o processo, menores serão os impactos da conta.  

“Ao identificar que um hacker invadiu o seu perfil, não continue a usar a conta, além disso, não a delete. Evite baixar aplicativos ou programas suspeitos para corrigir ou recuperar a conta, nem compartilhe sua senha. Vale ressaltar que o usuário jamais deve negociar com o hacker, pois na maioria das vezes ele pode acabar sendo roubado duas vezes”, explica o coordenador de curso da FSG.  

Por fim, Sonda finaliza ressaltando que para recuperar o perfil, em casos mais simples, a recuperação por e-mail ou número de telefone associados a conta podem resolver. Nos demais casos, é importante entrar em contato com o suporte da plataforma em questão, com o objetivo de solicitar ajuda na recuperação da conta.  

Ultimas Publicações


Compartilhar

Copiar Link

O link foi copiado para a área de trasferência.
Agora é só colar onde quiser.